Última hora
This content is not available in your region

Islândia comemora 90 anos de autonomia com manifestações contra governo

Islândia comemora 90 anos de autonomia com manifestações contra governo
Tamanho do texto Aa Aa

A Islândia comemorou 90 anos de autonomia, um aniversário no qual participaram 5 mil pessoas a pedirem a demissão do governo.

A data histórica é normalmente assinalada com pompa a circunstância, mas desta vez o cenário é negro.

Segundo a última sondagem, entre os 320 mil habitantes da ilha, apenas um terço continua do lado do executivo chefiado de Geir Haarde.

O primeiro-ministro afirmou entretanto que a adesão da Islândia ao Euro, antes mesmo de uma eventual entrada na União Europeia, poderia ser uma solução viável para a moeda islandesa.

A queda da Coroa alimentou uma subida em flecha da inflacção, que acompanhada da crise financeira mundial, levou o país à bancarrota.

O governo nacionalizou três bancos, limitou os movimentos de capitais e assegurou ajudas financeiras na ordem dos 10 mil milhões de dólares.

Várias dependências do Banco Central em Reikiavik foram visitadas por mais de dois mil manfestantes que tentaram forçar a entrada nas instalações.