Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Obama promete mudanças profundas

Obama promete mudanças profundas
Tamanho do texto Aa Aa

Numa altura em que os dados da economia norte-americana apresentam os valores mais deprimentes das últimas décadas, com a perda de mais de meio milhão de empregos só no mês de Novembro, Barak Obama promete fazer da retoma da economia o seu principal cavalo de batalha:

“Precisamos de agir e de agir agora. É por isso que pedi à minha equipa de economia que desenvolva um plano de recuperação quer para Wall Street quer para Main Street, que ajude a salvar ou a criar cerca de 2 milhões e meio de postos de trabalho. Vamos reconstruir as nossas infraestruturas, melhorar as nossas escolas, reduzir a nossa dependência do petróleo e poupar biliões de dólares”.

Palavras proferidas pelo presidente eleito, na alocução semanal na rádio democrata.

Para conseguir estes objectivos, o governo de Obama promete investimentos sem precedentes desde última década de cinquenta nos Estados Unidos.