A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Acusados do 11 de Setembro pretendem declarar-se culpados

 Acusados do 11 de Setembro pretendem declarar-se culpados
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O alegado cérebro dos atentados do 11 de Setembro e os outros quatro acusados pretendem declarar-se como culpados.

A intenção de Khaled Cheikh Mohammed e dos restantes réus foi tornada pública esta segunda-feira, numa audiência no tribunal militar de excepção de Guantanamo.

Pela primeira vez, membros de cinco famílias de vítimas puderam assistir ao processo na base norte-americana em território cubano, seleccionados à sorte pelo Pentágono.

Detidos em Guantanamo – que terá os dias contados segundo a promessa do presidente eleito Barack Obama – os cinco acusados enfrentam a pena de morte.

O Pentágono diz que, até novas ordens, os tribunais de excepção vão continuar a funcionar.