Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Onda de protestos na Grécia ameaça prolongar-se

Onda de protestos na Grécia ameaça prolongar-se
Tamanho do texto Aa Aa

A onda de protestos na Grécia ameaça prolongar-se. Para hoje estão previstas mais manifestações. O partido comunista organiza um protesto no centro de Atenas enquanto que os socialistas apelaram à população para denunciar as políticas do governo. Na noite de Domingo, repetiram-se os confrontos entre as forças da ordem e grupos de jovens que protestam contra a morte de um adolescente, abatido no sábado pela polícia. O caso suscitou uma onda de protestos violentos em todo o país.

Em Tessalónica, a maioria das universidades foi ocupada. Uma manifestação de duas mil pessoas degenerou em violência. Vários bancos e lojas foram incendiados. O mesmo cenário de destruição em Patras onde um polícia foi hospitalizado depois de ter sido agredido por jovens manifestantes.

A onda de violência urbana que eclodiu este sábado na Grécia feriu catorze polícias e seis manifestantes, causando pesados estragos materiais. As manifestações contra a morte do adolescente assumem contornos de luta política contra o executivo conservador, numa altura em que o país enfrenta os efeitos da crise financeira.