Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

UE em busca do acordo sobre o clima

UE em busca do acordo sobre o clima
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Nicolas Sarkozy tenta convencer os parceiros comunitários a avançarem com medidas concretas de luta contra o aquecimento global. À chegada a Bruxelas, onde decorre a Cimeira Europeia, o presidente em exercício da União afirmou que “é preciso um acordo” e garantiu que fará “os possíveis para que as posições de uns e de outros se aproximem.”

Na agenda da Cimeira está também a crise institucional, após o “não” irlandês ao Tratado de Lisboa. O primeiro-ministro, Brian Cowen, anunciou a realização de um segundo referendo no país, até Novembro do próximo ano, em troca de algumas “excepções”. Outro ponto da agenda é a resposta europeia à crise financeira. Tudo indica que a chanceler alemã, Angela Merkel, está de acordo com os 200 mil milhões de euros do plano europeu de relançamento económico. Nesta cimeira, que marca o final da presidência francesa da União, Nicolas Sarkozy terá ainda de lidar com Silvio Berlusconi. O chefe de governo italiano voltou a ameaçar com o veto de Roma ao plano climático, se as suas exigências não forem aceites. A presidência francesa da União começou com uma agenda bem definida, mas o “não” irlandês ao Tratado de Lisboa e a crise financeira mundial, acabaram por alterar-lhe completamente as prioridades e provocaram mesmo algumas mudanças ao nível das alianças intracomunitárias.