Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Dia histórico de vendas na Woolworth do Reino Unido

Dia histórico de vendas na Woolworth do Reino Unido
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A loucura dos saldos devolveu à Woolworth o sucesso de outros tempos.

A trabalhar há um século, o gigante do retalho que nasceu nos Estados Unidos, conheceu o melhor dia de vendas da história em todo o Reino Unido.

A promessa de fortes descontos foi o trunfo para o êxito da operação, numa altura em que o futuro da Woolworth está envolto numa nuvem negra.

Uma compradora conta que dentro da loja ninguém se pode mexer, nunca viu nada assim, e confessa que se sente muito triste porque a casa vai fechar as portas. É uma instituição, parece que já niguém consegue viver sem ela.

Os administradores da empresa reuniram-se há duas semanas para constatar que as dívidas e as perdas estavam a subir em flecha.

O editor de um jornal do sector do Retalho explica que as coisas mudaram, os clientes já não são fiéis a esta ou aquela loja. Hoje em dia as pessoas vão onde os preços são mais baixos, onde a qualidade e o ambiente da casa são mais agradáveis, e não é isto que se passa na Woolworth.

Os saldos começaram nas 815 lojas do Reino Unido. Há 25 mil postos de trabalho em causa. O encerramento de algumas lojas no final do ano pode ser o princípio do fim da Woolworth. Caso não haja qualquer oferta de compra, a empresa pode passar à história.