Última hora

Oposição russa unida em novo partido contra Putin

Oposição russa unida em novo partido contra Putin
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os principais partidos democráticos da oposição russa juntaram-se numa nova frente comum baptizada “Solidarnost”, evocando o movimento que derrubou o regime comunista na Polónia. O antigo campeão de xadrez Garry Kasparov e o opositor liberal Boris Nemtsov presidiram esta manhã à fundação do partido que reúne a direita liberal e vários militantes dos direitos humanos.

É a primeira vez que as vozes críticas do Kremlin se unem para criarem um partido único, depois de terem sido impedidos de se apresentarem às últimas eleições. Frente a 140 delegados, Kasparov fixou como objectivo comum o “desmantelamento do regime de Vladimir Putin”. “É a única forma de restaurar um debate político normal e livre no nosso país. Desmantelar não quer dizer destruir, nós não defendemos a violência”, sublinhou Kasparov. No exterior da reunião, centenas de jovens do movimento pró-governamental “Jovem Rússia”, voltaram a assediar a oposição com vários protestos. Ontem, várias pessoas tinham lançado dezenas de cadáveres de carneiros à porta do local onde se realiza o congresso, nos subúrbios de Moscovo.
A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.