Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Polícia espanhola deteve mais quatro alegados membros da ETA

Polícia espanhola deteve mais quatro alegados membros da ETA
Tamanho do texto Aa Aa

A polícia espanhola deteve esta noite quatro alegados membros da ETA. As duas mulheres e os dois homens são suspeitos de pertencerem a um comando responsável pela recolha de informações para futuros atentados. As detenções ocorreram na cidade basca de San Sebastian e numa aldeia vizinha. As autoridades realizaram buscas em três habitações. Este é mais um dos ataques levados a cabo nos últimos seis meses pelas autoridades espanholas e francesas contra a ETA.

Em meados de Novembro foi detido, em França, o líder militar, “Txeroki”. Há uma semana foi a vez do sucessor, “Gurbitz”. Ambos fazem parte da ala dura da ETA. Foi também desmantelada uma rede de cinco pessoas que facilitava a protecção e a fuga de aterras para França. As detenções desta noite estarão ligadas à prisão de Javier López Peña, conhecido como “Thierry” e como chefe político da organização. Está detido desde Maio. Em 40 anos de actividade, a ETA matou mais de 800 pessoas. A última vítima foi Ignacio Uria Mendizabal, um empresário basco de 71 anos, abatido a 3 de Dezembro perto de San Sebastian.