Última hora
This content is not available in your region

Turquia abre mais dois capítulos na via da adesão

Turquia abre mais dois capítulos na via da adesão
Tamanho do texto Aa Aa

A Turquia deu mais dois pequenos passos rumo à Europa. Abriu dois novos capítulos das negociações: um sobre a livre circulação de capitais e outro sobre a sociedade de informação e os média. Ascendem, assim, a 10, os capítulos abertos.

Ao todo, são 35, mas a Turquia está longe de lá chegar. A Comissão Europeia acusa Ancara de ter perdido dois anos, durante os quais as reformas praticamente não avançaram, sobretudo em termos de liberdades fundamentais e Estado de direito. Para já, a Turquia não está pronta e a França recusa criar polémcias sobre a questão. “Recordo-vos que me limitei a indicar que, hoje, não estão reunidas as condições para a entrada da Turquia na União Europeia. É palavra por palavra aquilo que disse. Nem mais nem menos”, afirmou Bruno Le Maire, secretário de Estado para os Assuntos Europeus. Polémica é a questão de Chipre – que Ancara recusa reconhecer e que continua a envenenar as relações entre a União Europeia e a Turquia. O chefe da diplomacia de Ancara, Ali Babacan, pede à Europa que pressione todas as partes para que se chegue a uma solução: “Acreditamos que alcançar um solução global final e abrangente devia ser um objectivo de todos. E há uma grande responsabilidade da União Europeia, a este respeito.” A União, por seu lado, continua a repetir que Ancara tem de abrir os seus portos e aeroportos aos navios e aviões cipriotas. Foi a recusa turca em abrir os portos e aeroportos que levou, em 2006, ao congelamento de oito capítulos das negociações.