Última hora
This content is not available in your region

Explosão negligente mata duas palestinianas

Explosão negligente mata duas palestinianas
Tamanho do texto Aa Aa

Duas raparigas palestinianas morreram, esta sexta-feira, na Faixa de Gaza, vitimas da explosão acidental de um morteiro do Hamas. Um acidente, num ambiente de crescente tensão militar entre a guerrilha islâmica e o exército de Israel. As dua jovens, as irmãs Sabah de 12 anos e Hanine de cinco, morreram, quando o morteiro explodiu contra a sua casa, na localidade de Beit Lahya, no norte de Gaza.

Segundo testemunhos dos tripulantes da ambulância que acorreu ao local, as milícias do Hamas apressaram-se a retirar os vestígios do morteiro. Mas há também um homem palestiniano ferido por outro disparo acidental do Hamas. Esta sexta-feira, fica também assinalada pela reabertura dos pontos de passagem, o que permitiu o trânsito de camiões logísticos e humanitários.

Foi também possível abastecer de combustível as centrais eléctricas que estavam à beira da ruptura. Há notícia de um ataque, hoje, com 10 obús e três roquetes do Hamas. A tensão é crescente. A ministra dos Negócios Estrangeiros, Tzipi Livni, esteve no Cairo, numa missão diplomática que parece preparatória de uma ofensiva militar. E o primeiro-ministro, Ehud Olmert, lembrou que Israel tem meios para lançar uma operação devastadora.