Última hora

Israel afirma que o ataque foi a única opção possível.

Israel afirma que o ataque foi a única opção possível.
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A ministra dos negócios estrangeiros defendeu este Sábado a importância desta ofensiva na defesa dos direitos de Israel. Tzipi Livni afirma que na semana passada caíram em Israel oitenta mísseis e morteiros que atingiram civis. Por isso Israel tem que agir, para defender a sua população. Enquanto, segundo o Hamas, prosseguem os ataques vindos de Israel, os palestinianos também agiram. Roquetes caíram no sul de Israel, um homem morreu e dois ficaram feridos.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.