Última hora
This content is not available in your region

Bolsas asiáticas fecham "ano horrível"

Bolsas asiáticas fecham "ano horrível"
Tamanho do texto Aa Aa

As bolsas da Ásia terminaram um ano para esquecer. Em Tóquio, a última sessão de 2008 foi assinalada com uma cerimónia à japonesa, mas é difícil esquecer o ano que passou. O pior de sempre para a bolsa japonesa.

Apesar das previsões de recessão, os investidores acreditam num bom 2009: “Vou fazer o melhor para manter os investimentos no próximo ano”; “Quero acreditar que os mercados bateram já no fundo e vão recuperar durante o próximo ano”, dizem. A queda no Nikkei de Tóquio, em 2008, foi de 42%, semlhante à descida no índice de Sydney. Piores foram as descidas nos índices de Hong Kong e Singapura, a queda de 52% em Bombaím ou ainda o descalabro de 66% na bolsa de Xangai. Embora este ano tenha sido um dos piores da história, as bolsas asiáticas fecharam este último dia do ano com uma nota positiva. O Nikkei de Tóquio subiu 1,3%. A Sony, que é um dos papéis com maior peso no índice, está agora num máximo de várias semanas, devido aos bons números das vendas da Playstation 3. Sinais de que a crise não estragou todo o comércio. Mas a crise financeira de 2008 fez estragos importantes nesta parte do globo. As consequências devem prolongar-se pelo ano que agora começa.