A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Manifestação violenta em Sofia

Manifestação violenta em Sofia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Um protesto anti-governamental terminou de forma violenta na Bulgária. Mais de dois milhares de manifestantes concentraram-se esta quarta-feira diante do parlamento de Sofia. O apelo à mobilização foi lançado na internet o que acabou por juntar pessoas de vários estratos sociais e diferentes quadrantes políticos.

Os manifestantes acusaram o governo socialista de ser incapaz de acabar com a corrupção endémica e de resolver os problemas económicos do país. De acordo com as sondagens, 70 por cento dos quase oito milhões de búlgaros querem a demissão do governo. O protesto terá ainda sido motivado pela crise do gás pois a Bulgária é um dos países da União Europeia mais afectados. A polícia deteve meia centena de manifestantes e apreendeu alguns explosivos artesanais.