A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Operários britânicos suspendem protesto contra trabalhadores estrangeiros

Operários britânicos suspendem protesto contra trabalhadores estrangeiros
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os trabalhadores da refinaria britânica de Lindsey decidiram pôr fim à vaga de greves contra o recrutamento de 400 funcionários estrangeiros.

Os sindicatos aceitaram a proposta da petrolífera Total, que gere as instalações, de consagrar um quarto dos postos temporários a trabalhadores britânicos. Mas, antes do regresso ao trabalho, na próxima segunda-feira, os operários convocaram uma nova paralisação para amanhã, pelas mesmas razões, numa refinaria em Nottingham no centro de Inglaterra. Em plena crise económica os funcionários acusam o governo de não proteger os trabalhadores britânicos e de optar por mão-de-obra estrangeira, mais barata. Entre os 400 trabalhadores estrangeiros contratados em Lindsey, como operários da construção civil, encontravam-se 32 portugueses que tiveram de regressar a casa por temer represálias.