Última hora
This content is not available in your region

Hamas e Fatah reconciliados

Hamas e Fatah reconciliados
Tamanho do texto Aa Aa

18 Meses depois do Hamas ter expulsado a Fatah da Faixa de Gaza, as facções palestinianas chegaram a acordo para formar um governo de unidade nacional.

Os palestinianos classificam de “histórico” este dia em que se comprometeram no Cairo a lançar o diálogo, numas negociações patrocinadas pelo Egipto. Ahmed Qorei, o chefe negociador da Fatah e o número 2 do Hamas, Moussa Abu Marzouq não esconderam uma certa cumplicidade e satisfação no final da reunião. Marzouq afirmou que foi “um dia histórico, o dia que os palestinianos aguardavam há um ano e meio, o dia em que os palestinianos avançam rumo à união”. A notícia do compromisso foi bem recebida nos territórios. Em Hebron, na Cisjordânia, há esperança que o diálogo produza frutos, até porque como diz um popular, passada a guerra civil e a luta, “na realidade os movimentos Hamas e Fatah são irmãos” e a unidade é fundamental para tratar por exemplo da reconstrução de Gaza. As facções acordaram criar 5 comissões que têm até ao final de Março para tratar da formação de um governo de unidade ou ainda preparar as eleições legislativas e presidenciais.
A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.