Última hora
This content is not available in your region

Guiné-Bissau: chefe das forças armadas morto em atentado bombista

Guiné-Bissau: chefe das forças armadas morto em atentado bombista
Tamanho do texto Aa Aa

Um atentado bombista contra o quartel general do exército da Guiné-Bissau vitimou esta noite o chefe do estado-maior das forças armadas, o general Na Waié. A acção que não foi reivindicada provocou outros cinco feridos. O exército prometeu vingança e o governo convocou uma reunião de emergência para analisar a situação.

O ataque surge num contexto de tensão entre a guarda presidencial e o exército, depois de um ataque falhado ter visado o presidente Nino Vieira em Novembro. Em Janeiro, o general Na Waié tinha sido alvo de um ataque falhado, atribuído a membros da guarda presidencial.
A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.