A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Grupo Volkswagen com resultados recorde em 2008 anuncia 2009 difícil

Grupo Volkswagen com resultados recorde em 2008 anuncia 2009 difícil
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O grupo Volkswagen admite que 2009 vai ser um ano difícil. No ano passado, o maior fabricante de automóveis da Europa registou um aumento de 1,3% no volume de vendas e de cerca de 14% do lucro operacional.

O presidente executivo da marca alemã fez questão de sublinhar os méritos da gestão da companhia no ano passado, apesar da crise. Martin Winterkorn referiu que a empresa atingiu os objectivos em 2008, “tanto ao nível das vendas, do volume de negócios e dos lucros, houve resultados recorde. Mesmo num terreno escorregadio conseguimos manter-nos de pé e agora orientamo-nos para o pós-crise”, concluiu. Nos dois primeiros meses deste ano a Volkswagen vendeu pouco mais de 800 mil veículos. Se mantiver este ritmo, no final do ano a companhia terá vendido perto de cinco milhões de viaturas, contra os 6,3 milhões de no ano passado e os 6,2 milhões de 2007. Os 6,3 milhões de veículos vendidos em 2008 correspondem a um aumento de 1,3%, isto num ano em que a indústria automóvel caiu 6%. Ainda no que diz respeito ao ano passado, a empresa afirma ter lançado 52 novos modelos, incluindo versões melhoradas. Para 2009, a marca mantém a aposto no novo Golf e promete 20 novos modelos automóveis para 2010.