Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Primeira contracção da economia desde a II Guerra Mundial

Primeira contracção da economia desde a II Guerra Mundial
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A economia mundial vai sofrer em 2009 a primeira contracção desde a Segunda Guerra Mundial.

Esta é pelo menos a previsão do Fundo Monetário Internacional, dois meses após as últimas previsões. O FMI aponta para uma contracção do PIB mundial entre 0,5 e 1 por cento. De acordo a instituição, as economias mais desenvolvidas vão sofrer mais. Na zona Euro, o risco é moderado, ainda assim o PIB deverá perder mais de 3 por cento. O FMI prevê para os Estados Unidos uma contracção superior a dois e meio por cento. O Japão deve aproximar-se dos seis por cento. O Fundo Monetário Internacional alerta para o risco de deflação nestes dois últimos países. De acordo com o Instituto de Conjuntura Económico alemão, o país liderado por Angela Merkel vai sofrer uma contracção na ordem dos 4%. No relatório preparado para a cimeira do G20 em Londres, o FMI pede aos decisores políticos que apresentem medidas para acabar com a tensão nos mercados financeiros e com os activos tóxicos.