Última hora
This content is not available in your region

UE pretende mais empenho do FMI

UE pretende mais empenho do FMI
Tamanho do texto Aa Aa

Os líderes da União Europeia iniciam hoje uma cimeira de dois dias dedicada à crise económica em que deverão delinear uma posição comum na cimeira do g20 e que pressione o Fundo Monetário internacional a ser mais robusto no combate à crise.

Mirek Topolanek, primeiro-ministro da República Checka, que ocupa a presidência rotativa da União Europeia, reiterou estar contra à injecção de mais capital nos países de Leste. Não se esperam por isso que em Bruxelas saiam novas medidas. Em cima da mesa das discussões vai estar essencialmente a estratégia comum que deverá ser seguida na cimeira do G20 dentro de duas semanas, destinada a debelar a crise. Nessa reunião, em Londres, a União Europeia dedicará maior atenção à reforma do sistema financeiro para evitar a actual recessão global, inédita desde 1945. Os 27 rejeitam para já os apelos dos Estados Unidos para a europa reforçar as ajudas, nomeadamente em termos fiscais.
A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.