Última hora
This content is not available in your region

Casa Branca revela documentos sobre técnicas de tortura da CIA

Casa Branca revela documentos sobre técnicas de tortura da CIA
Tamanho do texto Aa Aa

Reveladas à luz do dia as técnicas de tortura da CIA. A Casa Branca publicou vários documentos da precedente administração que enumeram, com precisão quase científica, as técnicas de tortura a usar durante interrogatórios.

Simulação de afogamento, nudez, privação do sono, prisioneiros acorrentados, fechados em espaços reduzidos com insectos, mudança de regime alimentar: é longa a lista contida nos quatro documentos, que remontam a 2002 e 2005. A CIA reconhece ter usado tais técnicas para interrogar vários membros da Al-Qaeda, detidos em Guantánamo. Apesar de tudo, a administração Obama afirma que os agentes que agiram de boa fé não serão julgados, pois seguiram as instruções, e em caso de processo judicial serão defendidos pelo Estado. A administração Obama foi obrigada pela justiça a publicar os documentos, face à queixa apresentada por uma poderosa associação americana de defesa das liberdades públicas. Mas a polémica, na origem de várias manifestações, está longe de acabar. Várias organizações contestam a ausência de punição para quem torturou. A Casa Branca considera que é preciso inserir os documentos no contexto do pós-11 de Setembro e da luta contra a al-Qaeda. Recorda que pôs fim a tais práticas e ordenou o encerramento da prisão de Guantánamo.
A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.