Última hora
This content is not available in your region

Cruzeiro italiano com 1500 pessoas a bordo escapa a ataque pirata

Cruzeiro italiano com 1500 pessoas a bordo escapa a ataque pirata
Tamanho do texto Aa Aa

Os piratas somalis voltaram a atacar, mas desta vez sem êxito.

O cruzeiro italiano Melody conseguiu escapar ao ataque graças à presença de uma força de segurança a bordo. De acordo com o comandante do Melody, houve uma troca de tiros para evitar que os piratas subissem a bordo. Para além das armas de fogo, os membros da equipa de segurança, todos de nacionalidade israelita, recorreram também à mangueira de incêndio para afastar os agressores. O ataque deu-se ao largo da Somália, quando seis homens armados a bordo de um barco tipo Zodiac começaram a disparar contra o Melody. O cruzeiro sofreu danos ligeiros ligeiros e pôde retomar a viagem de regresso a Itália. A bordo do Melody seguiam 991 passageiros e 536 membros da tripulação. Normalmente, os cruzeiros não são atacados por piratas, que preferem os navios comerciais. Para os serviços secretos italianos, o ataque a um transatlântico com 1500 pessoas a bordo indica que os piratas estão a mudar de estratégia.
A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.