Última hora
This content is not available in your region

Eleições em Sochi sob acusações de jogo sujo

Eleições em Sochi sob acusações de jogo sujo
Tamanho do texto Aa Aa

A cidade russa de Sochi elege, no domingo, um novo presidente, depois de uma campanha considerada suja pela oposição.

Seis candidatos concorrem à presidência do município que será o palco dos Jogos Olímpicos de Inverno, em 2014. Um projecto que é a menina dos olhos do antecessor de Dmitri Medvedev. “É muito importante para Putin, para quem os Jogos Olímpicos de Sochi são um filho. Este projecto é controlado pessoalmente por ele. É muito importante para ele ter a certeza de que está salvaguardado de qualquer tipo de oposição”, explica o analista, Nikolay Petrov. A oposição admite que o actual presidente e candidato do partido de Putin é o favorito à vitória, mas acredita que Anatoli Pakhomov pode não obter os votos necessários para evitar uma segunda volta. “Estou satisfeito com as políticas das actuais autoridades municipais e regionais”, diz Maxim Andreyevich, habitante de Sochi, enquanto outros se mostram cépticos quanto à promessa de Medvedev de impulsionar a democracia. Dois candidatos dizem ter sido afastados da corrida, de forma ilegal.