A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Protestos da oposição degeneram em violência em Tbilissi

Protestos da oposição degeneram em violência em Tbilissi
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Dezenas de membros da oposião georgiana envolveram-se esta noite em confrontos com a polícia no centro de Tbilissi.

Os motivos das escaramuças que provocaram 28 feridos, entre polícias e manifestantes, permanecem ambíguos. A polícia afirma ter respondido a ataques com pedras de alguns indíviduos, que tentariam invadir a esquadra central da capital. Os manifestantes, por seu lado, acusam as autoridades de terem detido três membros da oposição, suspeitos de uma agressão a um jornalista da televisão pública. Depois de um mês de manifestações pacíficas contra o presidente Mikhail Saakashvilli, o agravamento da tensão entre os dois campos coincide com o início dos exercícios militares da Nato no país. O presidente Saakashvilli, que recusa demitir-se sob a pressão das ruas, acusou ontem a Rússia de estar a preparar um golpe de Estado, depois de um motim ter estalado num quartel militar na terça-feira. Moscovo que não vê com bons olhos o alargamento da NATO à antiga zona de influência soviética, tinha criticado as manobras militares na Geórgia, considerando-as como uma provocação.