Última hora
This content is not available in your region

A Espanha deu o primeiro passo para suprimir a publicidade da televisão pública

A Espanha deu o primeiro passo para suprimir a publicidade da televisão pública
Tamanho do texto Aa Aa

O conselho de ministros do Governo de José Luis Rodriguez Sapatero aprovou o projecto-lei de uma medida que introduzida em França com contornos diferentes.

A primeira vice presidente do governo explica o motivo: “A acentuada queda do mercado publicitário por causa da crise económica poderá colocar em causa estabilidade financeira e o equilibrio orcamental da TVE”. As acções das televisões privadas dispararam. A oposição é contra e diz que apenas vai privilegiar os interesses das grandes corporações. Gaspar Llamares, da Esquerda Unida. “Trata-se de colocar o serviço público ao interesse dos privados, ao serviço dos interesses das companhias multinacionais italianas que estão por detrás das principais televisões privadas e não ao serviço do interesse geral”. Ao contrário do caso francês, as televisões privadas terão que canalizar três por cento das receitas brutas para a TVE e as operadoras de telecomunicações 0,9%.
A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.