Última hora
This content is not available in your region

Papa visita local onde se crê que Jesus foi baptizado

Papa visita local onde se crê que Jesus foi baptizado
Tamanho do texto Aa Aa

O papa Bento XVI termina hoje a visita à Jordânia com uma peregrinação ao local onde se crê que Jesus foi baptizado.

Durante uma visita à Catedral greco-melquita, de São Jorge de Amã, o sumo pontífice evocou as relações entre cristãos e muçulmanos. O chefe do Vaticano denunciou a “manipulação ideológica da religião” que pode dar origem a conflitos e violência. O programa do papa inclui uma missa no estádio internacional de Ammam para a minoria católica. Mas a maioria muçulmana mostrou-se dividida face à visita de Bento XVI, que na Jordânia, e pela segunda segunda vez no seu pontificado, visitou uma mesquita. Alguns não esqueceram as palavras do papa que num discurso em 2006 citou um imperador bizantino que associou o Islão à violência. O príncipe Ghazi, primo do rei da Jordânia, afirmou que o mundo muçulmano apreciou a “clarificação” do Vaticano, que face à polémica esclareceu que a frase em causa era uma citação e não a opinião do papa. O périplo do papa pelo Médio Oriente termina com uma visita a Israel.