Última hora
This content is not available in your region

Hamas interrompe diálogo com Fatah após operação em Qalquilya

Hamas interrompe diálogo com Fatah após operação em Qalquilya
Tamanho do texto Aa Aa

A autoridade palestiniana anunciou que quer restaurar a lei e a ordem em todo o território, horas depois da polícia ter lançado uma operação contra dois membros do braço armado do Hamas.

A acção levada a cabo em Qalquilya, na Cisjordânia, resultou na morte dos dois militantes, assim como de três polícias e um civil, num dos confrontos mais violentos dos últimos meses entre as duas facções palestinianas. Três dias após a visita de Mahmoud Abbas a Washington, o episódio ameaça deitar por terra os esforços do Egipto para reconciliar Hamas e Fatah que deveriam assinar um acordo no dia 7 de Julho. A autoridade palestiniana decretou o recolher obrigatório em Qualquilia, num momento em que o Hamas promete responder ao ataque. O movimento islamita interrompeu as discussões com o Fatah, acusando a autoridade palestiniana de querer sabotar os esforços para retomar o plano de paz na região. Centenas de pessoas manifestaram-se esta tarde em Gaza com palavras de ordem contra Mahmoud Abbas, depois de 22 militantes do Hamas terem sido detidos no Sábado, na Cisjordânia.