Última hora
This content is not available in your region

Mediatismo de Berlusconi domina campanha europeia em Itália

Mediatismo de Berlusconi domina campanha europeia em Itália
Tamanho do texto Aa Aa

Os italianos começam hoje a votar em diversos pontos do país nas eleições europeias e municipais.

Mais de 50 milhões de eleitores vão eleger os 72 deputados para o parlamento europeu depois de uma campanha onde se falou pouco da Europa. A oposição de esquerda, nomeadamente o Partido democrático liderado por Dario Franceschini mobilizou-se contra a abstenção que, segundo as sondagens, deverão beneficiar a vitória do centro-direita no poder. Como em outras ocasiões, a atenção mediática gira em torno de Silvio Berlusconi. O primeiro-ministro voltou ontem durante um comício a fazer declarações polémicas. “Quando me passeio pelas ruas de Milão e vejo o número de pessoas não italianas, tenho a impressão de já não me encontrar numa cidade italiana ou europeia mas numa cidade africana. Isso, nós não aceitamos”, disse. Entretanto, um advogado de Berlusconi anunciou que vai processar o “El País” depois do diário espanhol ter publicado fotografias das festas privadas na residência do chefe de Governo italiano. As imagens mostram Berlusconi rodeado por jovens em topless e fazem parte de uma série de fotografias apreendidas pela justiça italiana depois do líder italiano se ter queixado de violação da sua vida privada.