Última hora
This content is not available in your region

Gronelândia inicia caminho para a independência

Gronelândia inicia caminho para a independência
Tamanho do texto Aa Aa

A Gronelândia celebrou a entrada em vigor do novo estatuto de autonomia alargada, que lhe permite controlar a exploração dos recursos naturais e lhe reconhece o direito à auto-determinação.

O estatuto foi aprovado, em Novembro, por 75 por cento da população da Gronelândia, em referendo. A ilha está sob soberania dinamarquesa há 300 anos, mas há 30 que detém o estatuto de região autónoma. O presidente do Parlamento local, Josef Motzfeldt, agradeceu à rainha, ao primeiro-ministro e Governo da Dinamarca o novo estatuto. A cerimónia aconteceu no dia nacional da Gronelândia e no 30º aniversário do primeiro estatuto de autonomia. O regime negociado com a Dinamarca reconhece a língua local como a única oficial e aumenta, de forma considerável, as competências que o governo da Gronelândia pode tomar.
A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.