Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Desacordo no Conselho da Europa sobre critérios de escolha do secretário-geral

Desacordo no Conselho da Europa sobre critérios de escolha do secretário-geral
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A polémica instalou-se numa altura em que a mais velha organização política europeia – o Conselho da Europa – celebra sessenta anos. A Assembleia Parlamentar e o Comité de Ministros do conselho discordam sobre o processo de candidatura para substituir o actual secretário-geral, Terry Davis. Como protesto, a assembleia adiou a eleição, marcada para esta terça-feira.

O ministro esloveno dos Negócios Estrangeiros e actual presidente do Comité de Ministros, Samuel Zbogar, garantiu que apenas as candidaturas das personalidades elegíveis vão ser retidas. Ou seja, o secretário-geral tem de ser um antigo ou actual membro do governo do país que representa. O conselho avançou com dois nomes. Os outros dois candidato, propostos pela assembleia, nunca fizeram parte de nenhum governo. Entre eles o belga Luc Van Den Brandem, que pede eleições livres, livre expressão e poder de escolha, o que, na sua opinião, não está a acontecer. O mandato do actual secretário expira no final de Agosto. A próxima reunião magna da assembleia acontece em Setembro. Até lá, a secretária-geral adjunta, Maud de Boer-Buquicchio, assume de forma interina o lugar.