Última hora
This content is not available in your region

Atentado no sul das Filipinas

Atentado no sul das Filipinas
Tamanho do texto Aa Aa

Um atentado nas Filipinas provocou cinco mortos e 45 feridos.

A maioria das vítimas são mulheres e crianças. A bomba colocada junto a uma igreja católica no sul do país explodiu à passagem de um veículo militar. O ataque ainda não foi reivindicado, mas a polícia suspeita dos separatistas muçulmanos da Frente Moro islâmica de Libertação. Um porta-voz dos rebeldes veio, entretanto, a público desmentir o envolvimento do grupo no atentando. As conversações de paz entre o movimento e o governo de Manila decorrem desde 1997, ano em que se assitiu o primeiro cessar-fogo ao fim de uma guerra de 28 anos. Na origem do conflito está Mindanao. Uma das principais ilhas do arquipélago das Filipinas, de amioria católica, onde os rebeldes pretendem criar um estado islâmico.
A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.