Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Khadafi justifica imigração clandestina face à "pilhagem de Àfrica"

Khadafi justifica imigração clandestina face à "pilhagem de Àfrica"
Tamanho do texto Aa Aa

O Líder líbio mostra-se céptico quanto aos resultados da cimeira do G8 que se inicia amanhã em Itália.

Em cima da mesa vai estar uma vez mais a questão da ajuda aos países pobres em plena crise económica. Entrevistado em Tripoli, Muhammar Khadaffi, considera que o convite de Roma para que participe na reunião é um passo importante para normalizar as relações entre a Líbia e a Europa, abaladas pela questão da vaga de imigração clandestina proveniente do Norte de Àfrica. Para Khadaffi a pobreza em Àfrica continua a motivar esta vaga de imigração. “Os africanos sentem que as suas riquezas foram pilhadas e é por isso que atravessam o mediterrâneo. Para eles trabalhar na Europa é um direito, uma vez que a Europa beneficiou das riquezas africanas”. Na entrevista, difundida na íntegra a partir das 20:45h, na Euronews, o líder líbio, recorre à mesma retórica para falar de progressos na liberdade no seu país e para apelar a uma união entre os povos árabes e africanos.