Última hora
This content is not available in your region

Pequim eleva para 184 número de mortos em Xinjiang

Pequim eleva para 184 número de mortos em Xinjiang
Tamanho do texto Aa Aa

Pequim elevou para 184 o o número de vítimas mortais em Xinjiang.

A situação continua tensa nas ruas de Urumqi. As autoridades chinesas voltaram a impor ontem o recolher obrigatório na capital da província, palco dos confrontos interétnicos da última semana. Foram mobilizados 20 mil polícias. Um cidadão chinês de 68 anos afirmou-se mais descansado com a presença das forças da ordem na cidade. Ontem, a abertura de algumas mesquitas permitiu uma breve manifestação uigur, rapidamente dispersada pelo forte dispositivo policial. O Congresso Mundial Uigur, no exílio, estimou entre mil e três mil o número real de mortos. Pequim alega que a maioria das vítimas pertence à etnia han, maioritária na China mas minoritária em Xinjiang.