A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Violência regressa à Irlanda do Norte

Violência regressa à Irlanda do Norte
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Na Irlanda do Norte viveu-se a segunda noite de tensão e violência.

Jovens, alguns menores de idade, atacaram a polícia, durante a noite, com pedras e cocktails molotov, em Belfast. Os confrontos regressaram às ruas por causa da anual marcha dos orangistas e começaram poucos minutos antes da tradicional cerimónia que assinala a vitória do rei protestante Guilherme de Orange sobre o rei católico Jaime II. O líder do partido nacionalista, Gerry Kelly, aponta o dedo ao Ira Verdadeiro, grupo extremista que se opõe ao processo de paz na Irlanda do Norte. A polícia acusa os «gangs» de incitarem à violência. Ontem, pelo menos dez agentes da autoridade ficaram feridos na sequência dos ataques. Em Armagh, a mais de 50 quilómetros de Belfast, uma pequena bomba colocada junto a uma estrada explodiu à passagem da marcha protestante.