Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Islândia: Parlamento aprova candidatura à UE

Islândia: Parlamento aprova candidatura à UE
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Parlamento islandês deu luz verde ao início das negociações para a adesão à União Europeia. A proposta de candidatura ao bloco europeu foi aprovada com 33 votos a favor, 28 contra, e duas abstenções.

Um dos votos contra pertenceu ao ministro da Agricultura e Pescas, sectores que devem ser o maior obstáculo do processo negocial. Isso mesmo prevê o Comissário Europeu para o Alargamento, Olli Rehn. “Assuntos como as pescas e a agricultura são sensíveis para a Islândia e para a União Europeia, mas a Islândia já aplica mais de dois terços da legislação. Portanto, cumpre muitos dos critérios necessários para ser membro da União, mas, sim, as negociações podem ser bastante difíceis”, explicou Rehn. A oposição realça o facto de a proposta ter sido aprovada por uma pequena margem e de não ter convencido alguns elementos do Movimento Esquerda Verde, que integra a coligação governamental. “O que eu acho que deve preocupar as pessoas é o facto desta maioria ter sido muito fraca e de os dois partidos que governam o país não estarem de acordo”, afirmou Bjarni Benediktsson. A crise forçou os islandeses a considerar possibilidade de aderir à União Europeia. A primeira-ministra Johanna Sigurdardottir quer apresentar o pedido de integração até ao final do mês. Mas a decisão final sobre a adesão vai precisar da aprovação dos islandeses, em referendo.