Última hora
This content is not available in your region

Presidente indonésio condena ataques em Jacarta

Presidente indonésio condena ataques em Jacarta
Tamanho do texto Aa Aa

Os ataques desta sexta-feira na capital indonésia foram executados por terroristas.

O presidente indonésio não tem dúvidas e condenou as acções, que no entanto ainda não foram reivindicadas. Susilo Bambang sublinhou que os atentados poderão afectar a economia e o turismo do país, que vivia um período de acalmia após um a série de ataques cometidos entre 2002 e 2005. Por seu lado o primeiro ministro australiano Kevin Rudd também reagiu às notícias aconselhando os australianos a não viajarem para a Indonésia. “Eu senti-me muito mal como penso que todos os australianos se sentiram mal. Esta foi uma agressão contra todos nós e nós estamos a lidar com pessoas muito más. Pessoas muito más e perigosas”, disse. Na altura das explosões, mais de 1.000 australianos encontravam-se em Jacarta. Entre os mortos e muitos dos feridos que afluíram aos hospitais da capital indonésia estão nacionais de oito países.
A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.