Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Karzai deverá manter-se como presidente do Afeganistão

Karzai deverá manter-se como presidente do Afeganistão
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Hamid Karzai deverá manter-se como presidente do Afeganistão.

Segundo resultados oficiais parciais divulgados pela comissão eleitoral independente, o actual chefe de Estado recolhe 48,6 por cento dos votos. A mesma fonte fez saber que os resultados de algumas assembleias de voto foram anulados devido à existência de irregularidades. Um responsável da comissão eleitoral anunciou que a equipa de observadores recolheu provas de fraude em 447 das 28 mil assembleias. Actualmente, estão contados dois terços dos votos. Os resultados preliminares são pouco animadores para o principal adversário do presidente. O antigo ministro dos Negócios Estrangeiros, Abdullah Abdullah, recolhe 31,7% dos votos. A contagem está praticamente terminada nas províncias do norte, a região onde Abdullah era favorito. Mas o candidato continua a denunciar a existência de fraudes. Os observadores temem confrontos entre os apoaintes dos dois campos. Os resultados oficiais só serão divulgados a 17 de Setembro. Entretanto, a União Europeia fez saber que a continuação das ajudas dependia das conclusões da comissão eleitoral sobre desenrolar do escrutínio.