Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Brasília e Paris estreitam cooperação

Brasília e Paris estreitam cooperação
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Parceiro estratégico do presidente Lula da Silva, Nicolas Sarkozy chegou a Brasília para acompanhar hoje os festejos da independência e assinar o acordo que permitirá a construção do primeiro submarino nuclear produzido no país.

Considerada uma das apostas mais ambiciosas das forças armadas brasileiras a estratégia envolve a construção de um estaleiro e uma base naval no Rio de Janeiro, onde serão produzidos quatro submarinos convencionais do modelo Scorpène e um submarino nuclear. Uma visita de Estado rápida na qual espera fechar a primeira e muito esperada venda de 36 aviões caça franceses Rafale. Para convencer o Brasil, a França aceitou uma transferência tecnológica considerada sem precedentes por Paris. O acordo de transferência de tecnologia abrange apenas as partes não-nucleares do projeto, o que despertou as críticas de alguns parlamentares no Congresso. O Rafale, da empresa francesa Dassault, está em competição acirrada com o Gripen da sueca Saab e o F/A18 Super Hornet da americana Boeing por um contrato de quatro mil milhões de dólares.