A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Houve crimes de guerra em Gaza

Houve crimes de guerra em Gaza
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Israelitas e palestinianos cometeram crimes contra a humanidade na guerra de Gaza. As acusações constam num relatório da ONU depois de um conjunto de investigações hoje apresesentadas.

O inquérito liderado pelo ex-juiz sul-africano Richard Goldstone, concluiu que Israel cometeu “ações equivalente a crimes de guerra, possivelmente crimes contra a humanidade”. O inquérito diz respeito ao confronto militar entre os dias 27 de Dezembro e 18 de Janeiro, na Faixa de Gaza, que matou 1.400 pessoas. A ONU afirma que o relatório “conclui que também há evidências de que grupos armados palestinianos cometeram crimes de guerra, bem como possíveis crimes contra a humanidade”, ao lançar foguetes no sul de Israel. O governo israelita recusou cooperar na investigação afirmando que o Conselho de Direitos Humanos da ONU, que ordenou o inquérito, peca por falta de imparcialidade.