Última hora
This content is not available in your region

Talibã reivindicam ataques considerados "acidentes" pela NATO

Talibã reivindicam ataques considerados "acidentes" pela NATO
Tamanho do texto Aa Aa

Os talibã afegãos reivindicaram a morte de 13 soldados e três civis norte-americanos em vários incidentes nas últimas 24 horas no Afeganistão.

O último registou-se esta manhã na província de Baghdis, no Oeste do país, depois da queda de um helicóptero ter vitimado 10 soldados e três membros da agência anti-droga norte-americana, ferindo 26 pessoas. O porta-voz da força da NATO no país fala de um “acidente” de helicóptero, segundo ele, o terceiro registado nas últimas horas no país. A duas semanas da segunda volta das presidenciais, a tensão aumenta sobre o terreno. Pelo segundo dia consecutivo centenas de pessoas concentraram-se em Cabul para exigir a retirada das tropas estrangeiras, acusadas de terem queimado um exemplar do Corão. As autoridades afegãs e a NATO desmentiram as alegações, sem conseguirem conter a vaga de protestos. O clima de violência no território já provocou a morte de mais de 400 soldados estrangeiros no Afeganistão desde o início do ano.