Última hora
This content is not available in your region

Justiça italiana confirma sentença de David Mills

Justiça italiana confirma sentença de David Mills
Tamanho do texto Aa Aa

Um tribunal milanês confirmou a condenação de David Mills a quatro anos e meio de prisão, por falsos testemunhos a favor de Silvio Berlusconi.

O advogado britânico tinha recorrido da sentença depois de ter sido condenado em Fevereiro, em primeira instância, por ter recebido 600.000 dólares do actual primeiro-ministro italiano. Os testemunhos de Mills em dois processos contra Berlusconi resultaram na absolvição do chefe de Governo. Mas a decisão desta terça-feira poderá deixar Silvio Berlusconi em maus lençóis, numa altura em que a justiça italiana decidiu avançar com o julgamento de Il Cavalieri num caso de fraude fiscal mas também com o processo de corrupção ligado a Mills. O Tribunal Constitucional italiano decidiu levantar a imunidade penal temporariamente atribuída ao primeiro-ministro pela controversa lei Alfano. Berlusconi vai começar por responder por acusações de falsa contabilidade de direitos televisivos adquiridos pela sua empresa Media Set.
A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.