Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Prisão perpétua para Wiens

Prisão perpétua para Wiens
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O alemão que esfaqueou até à morte uma mulher egípcia foi condenado a prisão perpétua.

Alex Wiens de 28 anos negou ter premeditado o crime, mas não escondeu as tendência xenófobas. O alemão de origem russa atacou a vítima numa sala de audiência, quando respondia por difamação. Depois de apunhalar 16 vezes a vítima que se encontrava grávida, ainda, tentou matar o marido. A acusação pedia a pena máxima prevista pela lei alemã, alegando, que o autor do crime agiu motivado pelo “ódio aos não europeus e aos muçulmanos.” O embaixador egípcio, Ramzy Ezzeldin, já se congratulou com a decisão da justiça O ataque chocou a Alemanha e deixou indignados vários países muçulmanos. Esta quarta-feira, dezenas de pessoas manifestaram-se à porta do tribunal contra a xenofobia. Recorde-se que a Alemanha acolhe a segunda maior comunidade muçulmana da Europa.