Última hora

Última hora

França aposta no investimento público

Em leitura:

França aposta no investimento público

França aposta no investimento público
Tamanho do texto Aa Aa

Está nas mãos de Nicolas Sarkozy um plano de investimento público avaliado em 35 mil milhões de euros, para relançar a economia francesa.

Tem a assinatura de dois antigos primeiros-ministros, o conservador Allan Juppé o socialista Michel Rocard. Esta quinta-feira, eles foram ao Eliseu entregar o seu estudo a Nicolas Sarkozy. O financiamento deve ser obtido, junto do mercado, defende Allain Juppé: “Este grande plano de investimento, financiado por um empréstimo, deve ser acompanhado, de uma esforço continuado de contenção das finanças públicas” O PS, pela voz de Benoît Hamon, ja reagiu, lamentando o facilitismo fiscal anterior: “É necessário um empréstimo hoje, para preparar o futuro. Teria sido muito simples fazê-lo, mais cedo, com os meios do Estado, se não se tivesse criado o tecto fiscal e acabado com a tributação das horas suplementares, e ainda o que foi um presente ao sector dos restaurantes, com a redução da taxa de IVA” O plano divide-se em sete grandes eixos. As universidades e a investigação absorvem quase metade, com uma fatia de 16 mil milhões de euros. O desenvolvimento regional é premiado com 4 mil milhões e as energias não poluentes, com 3.5. A economia digital e as ciências da vida ficam com uma tranche de 2 mil milhões, cada. O plano prevê ainda 1,5 mil milhões para facilitar o acesso das pequenas e médias empresas ao crédito.