Última hora
This content is not available in your region

Presidenciais romenas vão ter segunda volta

Presidenciais romenas vão ter segunda volta
Tamanho do texto Aa Aa

Traian Basescu ganhou uma etapa, mas a corrida não acabou. Nas eleições presidenciais romenas, o actual chefe de Estado sai vencedor mas, segundo as primeiras projecções, terá recolhido apenas entre 33 e 34% dos votos. Os resultados oficiais só serão conhecidos durante o dia de segunda-feira.

“A Roménia precisa urgentemente de um governo”, diz o presidente cessante. E promete: “Quero tranquilizar os romenos: tal como sempre fiz, não entrarei em nenhuma negociação obscura que possa pôr em causa o meu mandato 2009-2014.” O social-democrata Mircea Geoana, que terá alcançado 31% dos votos, será o adversário de Basescu, na segunda volta, a 6 de Dezembro. A grande incógnita é: para que lado vão pender os 22% de eleitores liberais do terceiro candidato derrotado. “A partir de amanhã”, diz Geoana, “a competição recomeça do zero. Peço-vos que continuem vigilantes e aos romenos que continuam indecisos, peço que se juntem a nós.” Nesta primeira volta, mais de 50% dos eleitores foi às urnas. O país enfrenta uma grave recessão económica e é gerido por um governo interino há dois meses. A Roménia necessita urgentemente de um empréstimo de 20 milhões de euros que o FMI só irá disponibilizar quando a situação política se estabilizar.
A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.