A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Mercedes Classe C será produzido na América

Mercedes Classe C será produzido na América
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A alemã Daimler vai deslocalizar parte da produção do Mercedes Classe C. O segundo maior construtor mundial de carros de luxo decidiu aproveitar a desvalorização do dólar face ao euro e instalar parte da produção do Classe C nos Estados Unidos, a partir de 2014, quando for introduzido um novo modelo.

Os sindicatos já se manifestaram contra este anúncio. Erich Klemm, presidente da comissão de trabalhadores da Daimler: “- Esta é uma má decisão para a Daimler, é uma má decisão para a fábrica de Sindelfingen e é também uma má decisão para a Alemanha, porque foi tomada uma decisão com consequências para os fornecedores.” A Daimler tem apenas uma unidade fabril nos Estados Unidos, em Tuscaloosa, no estado do Alabama. Para o construtor germânico esta decisão não vai ter um impacto negativo ao nível do emprego. Jörg Howe, porta-voz da Daimler: “- Nós assumimos que não vai haver redundâncias devido às nossas operações. O número de postos de trabalho afectado ronda os 1800 e nós temos propostas alternativas para todas as pessoas.” A companhia espera poupar cerca de dois mil euros por cada Classe C produzido na América. Com a taxa de câmbio actual o custo horário de um operário na fábrica americana ronda os 30 euros, enquanto na Alemanha este valor atinge os 50 euros.