A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Romenos elegem presidente em contexto de crise profunda

Romenos elegem presidente em contexto de crise profunda
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Num contexto de crise profunda e a apenas três semanas do Natal, os romenos são chamados este domingo às urnas para elegerem o próximo Presidente da República.

Frente-a-frente nesta segunda volta das eleições presidenciais, estão o presidente cessante Traian Basescu, do Partido Democrata-Liberal de centro-direita, e o ex-diplomata do Partido Social-Democrata, Mircea Geoana. De acordo com as últimas sondagens, nesta segunda volta é o candidato da oposição que surge na frente das intenções de voto, depois de ter sido o segundo candidato mais votado na primeira volta. A inversão dos papéis deve-se ao facto de Geoana ter beneficiado do apoio dos liberais, terceira força política do país, e do Partido da Minoria Húngara. Das incertezas das sondagens, sobressai no entanto um dado adquirido: a tarefa do próximo presidente anuncia-se extremamente complicada. O chefe de Estado vai ter que encontrar medidas eficazes para combater a crise. Nos primeiros nove meses do ano a economia romena recuou 7,4%. Um estudo do instituto Mednet conclui que 50% dos romenos não vão comprar árvore de Natal por falta de meios.