Última hora

Última hora

Obama pede aos bancos que emprestem aos cidadãos

Em leitura:

Obama pede aos bancos que emprestem aos cidadãos

Obama pede aos bancos que emprestem aos cidadãos
Tamanho do texto Aa Aa

Os bancos vão ter que trabalhar para os cidadãos, ou seja, têm que emprestar mais dinheiro para a economia funcionar - foi essa a mensagem deixada pelo presidente norte-americano Barack Obama, na reunião que teve esta segunda-feira com os 12 banqueiros mais importantes do país.
 
Isto numa altura em que os gigantes da banca, como o Bank of America e o Citigroup, começam a reembolsar as ajudas que receberam no auge da crise.
  
“A minha principal mensagem na reunião de hoje foi muito simples: os bancos americanos receberam uma ajuda extraordinária dos contribuintes, para reconstruir a indústria. Agora esperamos deles um contributo extraordinário para ajudar a reconstruír a nossa economia”, disse o presidente.
 
O Citigroup negociou melhores condições para pagar o resto da dívida ao governo norte-americano, depois de anunciar o pagamento antecipado de 20 mil milhões de dólares, com a ajuda de um aumento de capital.
 
O grupo foi o maior beneficiado com os planos de salvamento de Washington.
 
A notícia do pagamento antecipado por parte do Citigroup não ajudou as acções do grupo, que estiveram a perder e caíram já mais de dois quintos este ano.