Última hora
This content is not available in your region

Berlusconi ainda não teve alta

Berlusconi ainda não teve alta
Tamanho do texto Aa Aa

Os médicos de Silvio Berlusconi decidiram prolongar por, pelo menos, um dia a estada do primeiro-ministro italiano no hospital.
 
Segundo a equipa médica, Il Cavaliere passou uma noite de terça para quarta-feira pouco tranquila, devido a dores persistentes.
 
O primeiro-ministro italiano está em observação desde domingo, depois de ter sido agredido por um homem de 42 anos com distúrbios mentais.
 
Durante a última noite, um jovem de 26 anos, aparentemente também com problemas mentais, foi detido no interior do hospital de San Rafaelle, em Milão, onde se encontra Berlusconi.
 
A agressão que deixou o primeiro-ministro italiano com o nariz e dois dentes partidos parece ter despertado a simpatia dos eleitores. Il Cavaliere tem recebido inúmeras mensagens de apoio e a sua popularidade subiu nas sondagens.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.