Última hora

Última hora

Roménia comemora os 20 anos do princípio do fim do regime comunista

Em leitura:

Roménia comemora os 20 anos do princípio do fim do regime comunista

Roménia comemora os 20 anos do princípio do fim do regime comunista
Tamanho do texto Aa Aa

Há 20 anos que o regime comunista de Nicolae Ceausescu começava a desmoronar-se.

Foi na cidade romena de Timisoara que tudo começou e é aqui que se assinala a data, com uma reconstrução dos momentos mais significativos do princípio do fim de uma das ditaduras mais repressivas do bloco socialista.

O pastor protestante húngaro Lazlo Tokes, um crítico do regime foi a gota de água. Ceausescu tinha decidido expulsa-lo, o que iniciou um tumulto à porta do religioso. As tentativas da polícia politica para reprimir os protestos despertaram a indignação dos habitantes de Timisoara. Os romenos saíram à rua para instalar a democracia.

No entanto, a revolução foi uma das mais violentas do antigo bloco de Leste. Depois de um julgamento apressado, Ceausescu e a mulher Elena foram executados publicamente.

Há exactamente 20 anos, o regime deu ordem para abrir fogo sobre os manifestantes. Dezenas de pessoas perderam a vida. Mas os números oficiais das vítimas da repressão nunca foram revelados.

As manifestações em Timisoara espalharam-se por todo o país, acabando por derrubar a ditadura comunista na Roménia, alguns dias depois.