Última hora
This content is not available in your region

Relembrar as vítimas do tsunami

Relembrar as vítimas do tsunami
Tamanho do texto Aa Aa

Cinco anos depois os países afectados pelo tsunami de 2004 relembraram a data.

No sul da Índia decorreram cerimónias religiosas e fizeram-se minutos de silêncio em memória das mais de doze mil pessoas que há cinco anos perderam a vida neste país.

Também no Sri Lanka se lembrou a data com um minuto de silêncio. Populares e organizações humanitárias evocaram as dezenas de milhares de mortos.

Mas os que sobreviveram não vão esquecer jamais aquele dia. Uma habitante local conta que o tsunami atingiu a sua casa e que foram arrastados pelas águas. Acrescenta que acredita ter sido salva por Deus.

A Tailândia e a Indonésia lembraram também as cerca de 175.000 pessoas que morreram nestes países.

Tailandeses e estrangeiros assistiram a um ritual budista. Também aqui este dia é difícil de esquecer.

Sue Azzopardi, uma voluntária da Cruz Vermelha, explica que há cinco anos estava a trabalhar para a Cruz Vermelha, estavam a angariar dinheiro e roupa para as pessoas poderem regressar a Londres, as pessoas que foram afectadas. Remata dizendo que esta é a forma mais incrível de celebração da vida.

A 26 de Dezembro de 2004 um sismo de grau 9,3 na escala de Richter, com epicentro ao largo da ilha de Sumatra, na Indonésia, em pleno Oceano Índico, assombrava a manhã em países como a Índia, Indonésia, Tailândia e Sri Lanka. O sismo provocou um tsunami que matou mais de 220 mil pessoas entre populares e turistas.