Última hora
This content is not available in your region

Jornalistas franceses raptados no Afeganistão estão de "boa Saúde"

Jornalistas franceses raptados no Afeganistão estão de "boa Saúde"
Tamanho do texto Aa Aa

“Estão, a priori, vivos e de boa saúde” os dois jornalistas franceses raptados, quarta-feira, no Afeganistão. Quem o diz é Paul Nahon , director de informação da televisão France3 que, desconhece, contudo, o paradeiro exacto dos dois homens.

Os dois jornalistas, e os seus acompanhantes afegãos, foram raptados na província de Kapisa, ao nordeste de Cabul. Paul Nahon confirma: “Os nossos camaradas estão bem-tratados, de boa saúde e, sobretudo, vivos. Estas são as primeiras notícias, em 48 horas, que nos tranquilizam um pouco e nos permitem algum optimismo. Quanto aos raptores, se são talibãs, se têm motivos políticos, se são bandidos das estradas que os raptaram para os revender aos talibãs ou o contrário… não sabemos nada!”

Os dois jornalistas saíram, na quarta-feira, de Cabul, para se encontrarem com uma fonte. Aparentemente, terão sido traídos pela mesma fonte, acabando por cair numa emboscada.